Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

terça-feira, 13 de abril de 2010

Jacinta.

Estive em Fátima neste fim-de-semana com as Irmãs Reparadoras de Nossa Senhora de Fátima, as quais promoveram no Sábado as IX Jornadas de Espiritualidade Reparadora, tendo como centro de reflexão a Jacinta, pastorinha de Fátima, que foi escolhida por Deus para divulgar a necessidade que todos temos de espalhar a Mensagem da Reparação.

Não me quero alongar aqui sobre as vicissitudes do dia, nem fazer a “reportagem” das Jornadas, mas apenas salientar a qualidade inexcedível das diversas comunicações e, sobretudo, o meu despertar para essa menina que, afinal, esteve na génese do Mistério de Fátima.

Impressionada pela visão do inferno e pelo mistério da eternidade, Jacinta não se poupou a nenhum sacrifício tendo no horizonte a conversão dos pecadores.

Lúcia, a sua prima, escreveu nas suas Memórias: "Jacinta era também aquela a quem, me parece, a Santíssima Virgem deu a maior plenitude de graças, conhecimento de Deus e da virtude. Ela parecia reflectir em tudo a presença de Deus."

Que o seu exemplo de Fé, abnegação, sacrifício em prol dos outros, possa tocar os corações endurecidos de tantos portugueses e portuguesas, que mais parece terem vendido a alma ao Inimigo!

Etiquetas:

2 Comments:

Blogger Margarida said...

os verdadeiros crentes, os crentes-crentes contentes, emocionam-me.

sexta-feira, abril 23, 2010  
Blogger C.M. said...

Também a mim...mas mesmo aqueles que não são assim tão "contentes", como é o meu caso, mas que ficam fascinados pela Beleza das coisas de Deus...

sábado, abril 24, 2010  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home