Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

segunda-feira, 22 de março de 2010

Questão de Fé.



Acabei a noite de Domingo. Hoje estou com a “minha” nostalgia de Deus. Sinto-me só, não sei explicar…


Estou aqui a pensar que o iluminismo e o racionalismo positivistas não têm hoje a importância que os maçónicos e carbonários dos dias de hoje lhe pretendem conferir.


Deus foi é e será sempre uma questão de fé, que ultrapassa a nossa razão e o cientismo positivista de todos os Auguste Comte cá do burgo.

Etiquetas:

2 Comments:

Blogger cristina ribeiro said...

Soube agora que vai até à Cidade Eterna, C.M. Votos de uma boa viagem!

terça-feira, março 23, 2010  
Blogger C.M. said...

Obrigado, Cristina. Espero que o tempo ajude.

Ainda aí está? Bom proveito!!!

quarta-feira, março 24, 2010  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home