Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

domingo, 25 de novembro de 2007

Jesus, o nosso Rei.


Neste Domingo, a Igreja celebra a realeza de Jesus. Pilatos, tendo feito vir Jesus à sua presença, perguntou-lhe: És o rei dos judeus? - Respondeu-lhe Jesus: Meu reino não é deste mundo. Disse-lhe então Pilatos: És, pois, rei? - Jesus lhe respondeu: Tu o dizes; sou rei; não nasci e não vim a este mundo senão para dar testemunho da verdade. Aquele que pertence à verdade escuta a minha voz. (São João, cap. XVIII, vv. 33, 36 e 37.)


Jesus disse a Pilatos que era Rei. Mas este não entendeu que não se tratava de um rei como os desta terra. Cristo, Senhor do Universo, fêz-se antes servo ao ponto de ter entregue a sua vida para que nós a tivessemos em abundância.


Foi perseguido e morto Aquele que curou os doentes, saciou os famintos, e maravilhou o mundo daquele tempo com a Sua Palavra de Verdade e Esperança. E continua a maravilhar os homens do nosso tempo que possuem a Graça de ter Fé.


Jesus é antes o Rei que privilegia os marginalizados da sociedade. Na Cruz, o ladrão arrependido representa-nos a todos nós, pecadores arrependidos das nossas fraquezas.


Ele bem o disse: “Eu não vim chamar os justos mas sim os pecadores” (São Marcos, 2,17).


Aqui estou, Senhor! Faz de mim um homem melhor...


0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home