Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

domingo, 3 de outubro de 2010

Mês de Outubro, Mês do Rosário.

Entrámos no mês de Outubro e, neste Domingo que agora finda, bem chuvoso que ele se apresentou!

O Mês de Outubro é, para a Igreja, o mês do Rosário, pois que, no século XVI, o avanço dos otomanos sobre a Europa foi travado na célebre batalha de Lepanto (7 Outubro 1571) tendo a (então) Europa cristã apelado para o Santo Rosário, pedindo o auxílio da Virgem. Com efeito, enquanto se travava a batalha contra os turcos, toda a Cristandade rogava o auxílio da Rainha do Santíssimo Rosário.

Em Roma, o Papa São Pio V incentivava os fiéis para que redobrassem as preces.

As Confrarias do Rosário promoviam procissões e orações nas Igrejas, suplicando a vitória da armada católica, o que efectivamente sucedeu.

Foi assim escolhido o dia 7 de Outubro para celebrar a festa do Rosário.
Nota: Na imagem, o quadro de Veronese - " Nossa Senhora de Lepanto".

Etiquetas:

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home