Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

sábado, 28 de agosto de 2010

Santo Agostinho


A Igreja celebrou hoje a memória de Santo Agostinho.

Dele são estas palavras: “Fizeste o meu coração para Ti, Senhor, e ele anda inquieto até descansar em Ti”.


E, na verdade, assim é. Andamos todos inquietos, ansiosos, trémulos, pois bem sabemos que esta vida terrena não teria valor nem sentido se Tu não existisses…

Se tudo acabasse no pó da terra, para que serviriam os nossos sonhos, Senhor?

Assim, para Ti voltamos a nossa face banhada pelas nossas lágrimas, lágrimas de dor pelas nossas infidelidades, lágrimas de amor pesem embora aquelas... lágrimas de saudades de Ti…


Na Memória que hoje a Igreja de ti faz, peço-te, Santo Agostinho, que me dês um pouco da tua Fé, um tudo nada da tua pureza, um sopro da tua clarividência, uma margem do teu saber, um grão da tua inteligência.

Etiquetas:

2 Comments:

Blogger José Ricardo Costa said...

Passei quase um ano a ler Santo Agostinnho. Um dos maiores vultos intelectuais de todos os tempos. Ainda hoje o seria.

quarta-feira, setembro 01, 2010  
Blogger C.M. said...

Honra lhe seja feita, José Ricardo Costa!

É pena que até os santos "intelectuais" são esquecidos...bem, vamos "lendo-os", que é uma forma de eles habitarem entre nós...

quinta-feira, setembro 02, 2010  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home