Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Des larmes dans les yeux.



"La sensibilité, ce n'est pas ce qui tue les gens aujourd'hui."


Romain Gary, " La vie devant soi".


Ontem como hoje... mas parece-me que nos nossos dias ainda é pior...

Etiquetas:

2 Comments:

Blogger JúliaML said...

bom Domingo, CM, amanhã o tempo começa a melhorar! Abaixo as tristezas.

sábado, abril 18, 2009  
Blogger C.M. said...

Bom Domingo, amiga Júlia!

Temos uma semana difícil pela frente...

domingo, abril 19, 2009  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home