Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

sexta-feira, 29 de dezembro de 2006

Lugar aos Amigos: os votos de J.A. Barreiros.


De José António Barreiros, distinto Advogado de Lisboa, que faz o favor de ser meu amigo, aqui quero deixar publicado, com a devida vénia ( parece que estou no Tribunal...), este seu texto, que merecia constar de uma Antologia de Poesia portuguesa!

“A todos aqueles que se interessam por mim e a quem eu tantas vezes não escrevo, nem sequer falo; aos que escrevem coisas magníficas em locais que eu devia frequentar sempre e onde tão raramente vou; aos que não perderam ainda a capacidade de se comoverem pelo insignificante e não cultivam o atrevimento obsessivo do eu; aos que se esmeram na arte do lento sentir, esgotados de uma vida vazia de rápido pensar; aos que sabem o segredo de adivinhar e com esse pressentimento navegam ainda pela vida caprichosa; a todos os que naufragam e sabem o que é, perdidas as velas, seguir-se a remar; a quantos, tantos que nem sonho que existem nem dizem que estão, aqueles em nome dos quais e por causa dos quais a vida ainda vale a pena: párias do real, místicos sem religião, sacerdotes do amor mesmo sem acto de amar: um Bom Natal! “

( Do blog http://joseantoniobarreiros.blogspot.com/ )

2 Comments:

Blogger crt said...

"...merecia constar de uma Antologia de Poesia portuguesa!"
Estou inteiramente de acordo consigo.
Sou leitora assídua dos blogs de JAB e este texto agradou-me especialmente pela forma como está redigido e pelo conteúdo.

sexta-feira, dezembro 29, 2006  
Blogger Cabral-Mendes said...

Tal e qual, crt...

sexta-feira, dezembro 29, 2006  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home