Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

domingo, 24 de outubro de 2010

Tardes de Domingo...




Estou aqui a pensar - à roda de processos num Domingo! - na falta que me fazes, da tua intimidade, dos teus cheiros, dos teus beijinhos pequeninos...


Afinal, somos todos tão humanamente frágeis...

Etiquetas:

4 Comments:

Blogger Margarida said...

...há aí uma fixação nos pezinhos...
;)

(ela volta, sossegue...)

domingo, outubro 24, 2010  
Blogger C.M. said...

E não são uma poesia, os pezinhos das mulheres?...não conheço quadro mais belo que uma mulher descalça...fica com um ar frágil, ternurento... e Vossência não sabe?

domingo, outubro 24, 2010  
Blogger Margarida said...

Vossência não cessa de me surpreender, essa é que é essa...
:))))

domingo, outubro 24, 2010  
Blogger C.M. said...

Olhe, cara amiga, ainda bem... ahahah...

Bom serão de Domingo! Vexa no Porto e eu aqui em terra de mouros...

(Ainda estou aqui a escrevinhar Direito (por linhas tortas...)

domingo, outubro 24, 2010  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home