Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

domingo, 4 de julho de 2010

Da perfeição.


"A perfeição - o ser santo como Deus é santo (Lev 19, 2; 11, 44) - exigida pela Torah, agora consiste em seguir Jesus".


(Humildemente diríamos nós...)

Joseph Ratzinger, in "Jesus de Nazaré", A Esfera dos Livros, 2ª edição, Nov 2007, fls. 147.

Etiquetas:

12 Comments:

Blogger joaquim said...

E acrescentaria eu, pobre de mim: fazendo a Sua vontade!

Abraço amigo em Cristo

segunda-feira, julho 05, 2010  
Blogger carla santos said...

Fazendo a vontade de quem?de Deus ou do Papa?

segunda-feira, julho 05, 2010  
Blogger C.M. said...

Caro Amigo Joaquim, que direi eu? Nós queremos queremos e... às vezes caímos, ou melhor, caio eu...

segunda-feira, julho 05, 2010  
Blogger C.M. said...

Carla, fazer a vontade do Papa é fazer a vontade de Deus...Ele é o sucessor de Pedro...

segunda-feira, julho 05, 2010  
Blogger carla santos said...

A vontade do Papa!Não me parece,não é a pessoa mais indicade para lhe fezer as vontades

segunda-feira, julho 05, 2010  
Blogger carla santos said...

Outra coisa se o Papa lhe mandar fazer mal a alguem o C.M fazia?Tenho a certeza que não.Então nesse caso o C.M não estaria a fazer a vontade de Deus.

segunda-feira, julho 05, 2010  
Blogger C.M. said...

Mas ó Carla, alguma vez o Papa seria capaz de mandar fazer mal a alguém? É um contra-senso!

quarta-feira, julho 07, 2010  
Blogger carla santos said...

A meu ver C.M Deus não pede nada,os homens sim,e por vezes pedem coisas muito estupidas,o Papa é um ser humano não é um Deus.Pense em Africa C.M,veja a desgraça que é esse pais,veja o que o Papa proibiu para esse pais,contribui para a desgraça,penso que Deus não queria isso para ninguem.

quarta-feira, julho 07, 2010  
Blogger joaquim said...

Carla Santos

É bom sempre falarmos daquilo que analisámos bem e não pela "voz" dos meios de comunicação.

Em primeiro lugar o Papa não proibiu nada, pois nem o Papa, nem Deus proibem nada ao homem, visto que fomos criados livres.
Deus propõe um caminho ao homem e o Papa prossegue nessa mesma linha, de propor, e não de proibir.
Em segundo lugar o Papa não disse nada que não fosse Doutrina da Igreja desde sempre, por isso, não propos nada de novo.
Em terceiro lugar depois de muitas vozes se terem levantado contra a proposta do Papa, vozes sem discernimento, vieram vozes avisadas de cientistas declarar que afinal ele tinha razão e que a melhor forma de comnbater a SIDA era uma sexualidade consciente, ou até a abstinência sexual, relativamente à promiscuidade, tendo-se logo vindo a saber que no Uganda por exemplo, essa prática estrava a dar bem melhores resultados que a distribuição de preservativos nos outros países.

Mas claro, só segue a Doutrina da Igreja quem quer e a Ela ninguém é obrigado.

Claro que me referia à vontade de Deus que a não ser por razões contrárias á sua vontade, como uma doença que por exemplo afete o seu discernimento, o Papa segue intransigentemente para ele próprio, tentando sempre transmitir esse testemunho a todos os outros homens, crentes ou não crentes, mas sempre como uma proposta e não uma imposição.

Abraço em Cristo

Caro amigo Delfim perdoe-me ter "metido a colherada" nesta conversa.

quarta-feira, julho 07, 2010  
Blogger C.M. said...

Meu caro Amigo Joaquim, Vexa meteu até uma grande "colherada"!

Com um Advogado assim, não há que ter medo!

Um grande abraço!

quarta-feira, julho 07, 2010  
Blogger carla santos said...

Não era bem na sida que eu queria falar,mas em certa parte o Sr Joaquim tem razão,mas por outro não.Mas pronto cada um tem a sua própria opinião,se nos pusermos a discutir sobre isso não á espaço que chegue.Um abraço

quarta-feira, julho 07, 2010  
Blogger C.M. said...

Carla, espaço é o que não falta aqui. Volte sempre!

quinta-feira, julho 08, 2010  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home