Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Recolhimento IV


"Deus não te abandonou, estás salvo"

in "Que cavalos São Aqueles Que fazem Sombra No Mar?"
António Lobo Antunes




O Tempo, esse grande escultor (como diria a Marguerite Yourcenar), encarrega-se de nos dar algum discernimento. Por vezes apazigua a nossa torturada alma, ou através dele tentamos reconciliar-nos com a vida, tarefa nada fácil. Tarefa de todo um longo e sinuoso percurso, creio. Mas, curioso, já repararam que os homens, quando envelhecem (regra geral embora sujeita a excepções, claro), tornam-se mais belos e ternos? Mais humanos, perdendo aquele ar irritante de convencidos...

Etiquetas:

2 Comments:

Blogger LUA DE LOBOS said...

que pena não terem ido, foi bonito de ver e ouvir conforme a vossa amiga vos pode relatar... as melhoras do pézinho
xi
maria

quinta-feira, outubro 29, 2009  
Blogger C.M. said...

Lamentamos... não sei se fará outro lançamento deste seu livro... mas vou comprá-lo e quando nos encontrarmos pedir-lhe-ei um autógrafo, ok?

sexta-feira, outubro 30, 2009  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home