Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Nossa Senhora do Rosário.

O dia de hoje pertenceu ( mas não pertencem todos?) à Nossa Senhora do Rosário.

A Virgem, segurando o Menino Jesus no colo, apareceu a São Domingos e ofereceu-lhe o Santo Rosário, através do qual contemplamos todas as fases do Evangelho: os Mistérios Gozosos falam-nos da anunciação do Anjo a Nossa Senhora, da visitação de Maria a Santa Isabel, o nascimento de Jesus, a sua apresentação no Templo e Jesus entre os doutores da lei.


Nos Mistérios Dolorosos contemplamos a agonia de Jesus no horto, a Sua flagelação, a coroação de espinhos, o calvário, a crucifixão e Sua morte.


Nos Mistérios Gloriosos, meditamos na Ressurreição de Jesus, na Sua Ascensão aos Céus, a vinda do Espírito Santo sobre a Virgem Maria e os Apóstolos, a Sua Assunção e Gloriosa Coroação.


E, hoje, por via de João Paulo II, foram acrescentados ao Rosário os Mistérios Luminosos, que se debruçam sobre a vida pública de Jesus, o Seu Baptismo, o Seu primeiro milagre nas Bodas de Caná, a proclamação do Reino dos Céus, a Sua Transfiguração e a instituição da Eucaristia.


Mistérios tão belos! Que pena esta minha indisciplina que me impede de rezar o Rosário todos os dias. Mas tenho de conseguir este desiderato. Agora. E não quando tiver tempo... aí pode ser demasiado tarde...

Etiquetas:

9 Comments:

Blogger AUGUSTO CANEDO said...

Há meses fiz-lhe aqui um comentário, CM, no qual lhe dizia que os seus textos me enchem d paz e sossego.
Não me respondeu - nem teria que o fazer, já que o seu tempo estará bem ocupado - mas espero que tenha lido as minhas palavras.
Cumprimentos.

sexta-feira, outubro 09, 2009  
Blogger C.M. said...

Peço-lhe imensa desculpa, mas provavelmente, ou melhor, de certeza que me "escapou" o seu comentário. Este não, este "apanhei-o"...Não é meu hábito não ver os comentários, bem pelo contrário...qualquer coisa que me desviou a atenção...

Muito feliz me faz se os meus pobres textos lhe dão a paz que refere. Olhe, muito sinceramente, que seja "para desconto" dos meus pecados, como se costuma dizer...temos de tentar fazer algum Bem ao próximo, não é verdade? Caso contrário, nem somos coerentes com a nossa Fé nem dignos da Misericórdia de Deus.

De facto, para além de escrever o que me vai na Alma, sinto que faço um pouco de apostolado... ainda bem!

Tocado pelas suas palavras, envio-lhe umm grande Abraço!

sexta-feira, outubro 09, 2009  
Blogger C.M. said...

Fui ver o seu blogue, AC! Afinal, comungamos dos mesmos valores e ideais! Ora bem, a ver se arranja tempo para uns belos textos, ok? Fico à espera! (Bons ares aí em cima...).

sexta-feira, outubro 09, 2009  
Anonymous candida said...

oje, apetece-me abraxar toda a gente. o meu obaminha ganhouuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!

sexta-feira, outubro 09, 2009  
Anonymous candida said...

um abraxo pa ti tb. eu sou ateia, mas considero-me boa pessoa. não faz mal, pois não? poxo abraxar-te??

quiches de xicolate

sexta-feira, outubro 09, 2009  
Blogger joaquim said...

É a Padroeira da minha paróquia da Marinha Grande que esteve em festa no último fim de semana.

E meu amigo, rezar o Rosário diáriamente é uma benção e o tempo depois sempre sobra!

Um abraço amigo

sexta-feira, outubro 09, 2009  
Blogger C.M. said...

Como sempre, caro Amigo Joaquim, Vexa tem razão...

sábado, outubro 10, 2009  
Blogger Augusto Canedo said...

Cândida, sem a querer aborrecer lhe pergunto, será mesmo ateia? Mas será que os ateus existem? Não será que "apetecer-lhe abraçar toda a gente" não é mais do que uma manifestação da misericórdia divina?

sábado, outubro 10, 2009  
Blogger Augusto Canedo said...

Obrigado pelas suas palavras, C.M., escreverei e manterei o contacto.
Abraço.

sábado, outubro 10, 2009  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home