Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Os meus (últimos) livros I



Esta obra, relato de paixões humanas, revela afinal a essência divina do amor...

De Jacqueline Dauxois , "As Mais belas Histórias Mulheres da Bíblia", Editora Âmbar.

Etiquetas:

7 Comments:

Blogger Júlia Moura Lopes said...

As histórias de Adão e Eva, Jacob e Raquel, Rute,a israelita,Sansão e Dalina, presumo...e que mais?...

quinta-feira, abril 24, 2008  
Blogger Cabral-Mendes said...

histórias até algimas escandalosas...

sexta-feira, abril 25, 2008  
Blogger Cabral-Mendes said...

digo, escandalosas...mas depois vem o arrependimento e o perdão de Deus...

sexta-feira, abril 25, 2008  
Blogger Júlia Moura Lopes said...

Deus terá perdoado a Adão por ter culpado a mulher pelo episódio da maçã?

Julgo que sim, pois ela tambem lhe perdoou, ele foi um bom marido.Acho que os dois deram um bom exemplo , permaneceram juntos na adversidade.

sexta-feira, abril 25, 2008  
Blogger Cabral-Mendes said...

juntos para o bem e para o mal...

sexta-feira, abril 25, 2008  
Blogger Cleopatra said...

o Amor é escandaloso?

sexta-feira, maio 02, 2008  
Blogger Cabral-Mendes said...

Hum... os amores ditos escandalosos... hum... são os mais "tórridos", Cleo...

sábado, maio 03, 2008  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home