Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

OUTRAS (antigas) DOÇURAS...I


A receita que segue foi "roubada" do Blog da minha amiga Ni (do momentUs). Receita esta conhecida das mães dos anos cinquenta... só elas sabiam como as "coisas" eram.... Ah! Mas já me esquecia... era no tempo em que "isto" era um País de atrasados.... agora, felizmente, somos todos muito pós-modernos... o exemplo vem de "cima" claro...

A foto também foi roubada.... bem, para sermos rigorosos, como não houve violência... diremos que foi só furtada.... um furtozito.... a Cleo dirá de sua Justiça.... Clemência! É Natal...

Eis então a Receita do 'BOLO DOS QUADRADINHOS' :

"A medida para açúcar e farinha é uma 'caneca'.

Ingredientes:

6 ovos;

1 pacote de manteiga (250 gramas) Primor, Ucal... de uma marca a gosto... com sal!

1 caneca e meia de açúcar;

1 caneca (bem cheia) de farinha tipo Branca de Neve com fermento;

raspa do vidrado da casca de um limão grande;

1 pacote de natas (na receita original um copo de leite...);

misturam-se as gemas com o açúcar até ficar uma massa amarelinha;

junta-se a raspa de limão e a manteiga amolecida, mas não totalmente derretida;

bate-se bem a massa, até incorporar a manteiga. Juntam-se as natas (ou o leite);

mexe-se bem. Junta-se a farinha. A seguir as claras em castelo... e envolvem-se na massa, sem bater;

deita-se a mistura num tabuleiro quadrado, (untado com manteiga e polvilhado com farinha) e vai ao forno previamente aquecido (forno a 180º no início de fazer o bolo);

ao colocar a massa no forno, baixar para 150º. E... esperar 30 minutos;

quando estiver cozido... polvilha-se com açúcar e canela... e corta-se aos quadradinhos".
Et voilá! Perdão, Ni...
Em Tempo I: o formato e a cobertura de açucar é igual aos bolos que a minha mãe fazia quando eu era pequenino , no "Tempo" em que as mães tinham tempo para os fazer... Sempre tive uma grande ternura (se é possível termos ternura por ...) por este bolo que hoje em dia não vejo em lado nenhum... ela chamava-o de "bolo dos quadrados".

Em Tempo II: apetece aventurar-me, neste Natal, na cozinha, e tentar fazer o bolinho.... e sujar a dita toda bem sei...

6 Comments:

Blogger redonda said...

Seria tentador em qualquer altura, mas agora antes do almoço eu comia já os quadrados todos!

terça-feira, dezembro 11, 2007  
Blogger Cabral-Mendes said...

também eu...ou melhor, assim á tardinha, com um cházinho verde...

terça-feira, dezembro 11, 2007  
Blogger ferreira said...

A minha avô também os fazia. Deliciosos.Todavia o nome que dava ao bolo era Cuca.Será o mesmo?

quarta-feira, dezembro 12, 2007  
Blogger Cabral-Mendes said...

Cuca Ferreira amigo? Olhe, Cuca... lembra-me uma cerveja muito conhecida nos idos de 60-70 precisamente com a marca de "cuca": Cerveja Cuca!

Havia coisas "giras"...

quinta-feira, dezembro 13, 2007  
Blogger Cleopatra said...

Bem, não tarda em roubo os bolos todos dos blogs todos em vez de os furtar apenas... estou a entrar em desespero. Já desatei a fazer bolo de laranja cá em casa
300g de acúcar
300g de farinha, 1 colher de chá de fermento
6 ovos inteiros.
300g de margarina
a raspa e o sumo de uma laranja

bater os ovos com o açucar até ficar gemada mesmo mesmo mesmo..
Não lamber!!!! .(

Depois,... juntar aos poucos a farinha e a laranja, a farinha o fermento e a laranja,... até formar um creme.
Não comer!!!!! :(

Depois juntar a raspa.
Forrar a uma forma com formas de gomos com margarina e pão ralado.
Levar ao forno a 150graus

Deixar cozinhar.
retirar...
Regar com sumo de duas laranjas cheio de açúcar...
deixar ganhar tipo crosta de açuicar ,

Escolher uma faca afiada...........
Aqui entra o roubo..
Cortar fatias deliciosas e comer com os olhos fechados....

comer...
comer....
comer.....
ai... tão bom!

domingo, dezembro 16, 2007  
Blogger Cabral-Mendes said...

Bem... a minha colecção de receitas está a aumentar... um destes dias ainda vamos publiacr um livro...eu, a Cleo e a Ni...(muito mais relaxante que um livro de Direito...).

domingo, dezembro 16, 2007  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home