Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

quarta-feira, 10 de outubro de 2007

Peregrinação Anual da Família Franciscana


Neste fim-de-semana alargado que passou, desloquei-me a Fátima, onde descansei na casa das Irmãs Reparadoras de Nossa Senhora das Dores de Fátima. Um pequeno paraíso!

Naquela terra onde, misteriosamente, se respira sempre um ar de paz, e dela regressamos como que mais jovens de espírito, aí culminou, mais uma vez, a Peregrinação da Família Franciscana Portuguesa.

Esta iniciou um período de três anos de preparação para, em 2009, celebrar o 8° Centenário da Vocação Franciscana.

São Francisco uniu-se de tal modo a Jesus Crucificado que mereceu ter impressas no seu corpo as cinco chagas d’Aquele.

Com efeito, São Francisco foi responsável, conjuntamente com Santa Clara, no dealbar do ano Mil, por uma nova Primavera que cobriu o Mundo, Primavera essa da qual, através da nossa vivência no mundo secular, somos responsáveis por a manter sempre fresca e jovem.

Nós, que pertencemos à Ordem Franciscana Secular, estamos prontos para seguirmos a Verdade que é Jesus Cristo, e assim alcançarmos a Luz. Como Ele disse, “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida”.

Todavia, pecador, nestes dias apenas anseio pela Sua Misericórdia e faço apelo à Sua Santa paciência…

1 Comments:

Blogger Alberto Robaleiro said...

Paz e Bem, amigo CM!
Sou um irmão franciscano secular, pelo que este seu artigo me deixou de sobremaneira sensibilizado!
E o seu «blog» também: verifico que ama a Deus e à Pátria!
Que Nosso Senhor abençôe e multiplique os Portugueses como o meu amigo!
Fraterno abraço!
Ir. Alberto Guimarães OFS

segunda-feira, junho 02, 2008  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home