Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

terça-feira, 2 de outubro de 2007

O Outono visita-nos.


Chego cedo ao trabalho. Gosto das manhãs frescas e deste ar outonal, algo melancólico, que condiz com a minha Alma.

Como é bom viver nas manhãs transparentes da cidade que amamos!

Nestas manhãs líquidas é que nos lembramos como é maravilhosa a vida!

É uma dádiva que Deus nos dá. A pensar n’Ele, apenas desejo que o “meu” tempo seja sempre utilizado para fazer o Bem. Mesmo que vá tropeçando aqui e ali. Pois que a vontade de nos erguermos e percorrermos a estrada inteira é forte!

10 Comments:

Blogger redonda said...

Parece-me algo mesmo bom para se sentir :)

quarta-feira, outubro 03, 2007  
Blogger Cleopatra said...

Também gosto de levantar cedo. Mas gosto mais da manhã qdo a frescura é a do Verão...a manhã de Verão antes do Verão acordar... O Outono traz-me chuva e uma melancolia que não detesto mas me torna,....nublada.

quarta-feira, outubro 03, 2007  
Blogger joaquim said...

Com Ele o tempo é sempre bem utilizado e o tropeçar...apenas nos dá mais vontade de caminhar.

Abraço amigo em Cristo

quarta-feira, outubro 03, 2007  
Blogger al cardoso said...

Sim a vida e maravilhosa.

Viva o dia 5 de Outubro de 1145!

Viva Portugal.

http://dalgodres.blogspot.com/

Um abraco monarquico do d'Algodres.

quinta-feira, outubro 04, 2007  
Blogger Cleopatra said...

Este comentário foi removido pelo autor.

sexta-feira, outubro 05, 2007  
Blogger Cleopatra said...

"Numas das minhas (raras) deambulações por Paris, comprei um quadrinho com esta foto e tenho-a cá em casa... ai que é tão romântica!

Onde estarão eles? Quem sabe? Só Deus..."

Estão em cada um de nós quando nós nos apaixonamos...Já pensou nisso?

sexta-feira, outubro 05, 2007  
Blogger Cabral-Mendes said...

Deve ser a nossa natureza que "sente" a terra, Redonda...

Cleo: as manhãs de verão fazem sentir-nos renascer... o Outono traz-nos a melancolia... Mistério este...

A sua frase "Estão em cada um de nós quando nós nos apaixonamos...Já pensou nisso?" é de mestre! Sim, enquanto "pensarmos" "neles" estarão connosco...

terça-feira, outubro 09, 2007  
Blogger Cabral-Mendes said...

Joaquim: passo o tempo a tropeçar, valha-me Deus...

terça-feira, outubro 09, 2007  
Blogger Cleopatra said...

EStá lá a resposta!!

terça-feira, outubro 09, 2007  
Blogger Cabral-Mendes said...

Pois...

al cardoso: realmente, comemoramos o 5 de Outubro mas... de 1145!

A propósito, nessa época, e desde 1140, que D. Afonso Henriques tentava a conquista de Lisboa aos Mouros, o que só conseguiu em 1147, com o apoio dos Cruzados que vieram do Norte da Europa, rumo à Terra Santa, para expulsarem os Muçulmanos. Estes usavam uma cruz de pano como insígnia! Não escondiam o que eram...

Que tempos! A aventura era quotidiana!

terça-feira, outubro 09, 2007  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home