Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Recolhimento I

Estava mergulhado no caos da cidade quando pensei o bem que me fazia poder parar um pouco este frenesim em que se tornou a vida, poder usufruir de um período de recolhimento. Não se trata de férias, que delas regressei, mas algo como subir à montanha, entrar num mosteiro e mergulhar a alma em Deus. Ler sem pressa e tranquilamente as Escrituras, toda a Bíblia aliás, e esquecer o Tempo. Respirar devagar, sem sobressaltos e sem ansiedade. E esperar por Jesus.
Nota: foto - Friendship highway, Tibete.

Etiquetas:

2 Comments:

Blogger Cleopatra said...

Ai Delfim, temos de ir almoçar a S. Pedro.

sábado, outubro 03, 2009  
Blogger Dies Domini said...

Ai temos temos: é só a menina marcar!

sábado, outubro 03, 2009  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home