Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

quinta-feira, 20 de março de 2008

Orações muito minhas da Semana Santa (V): Quinta-feira: Sacrifício e Humildade.



Na Quinta-feira Santa comemora-se a instituição da Eucaristia.

Apesar de partir para o Seu Pai, Jesus permanece entre nós sob as espécies do pão e do vinho. Presente com o Seu Corpo, o Seu Sangue, a Sua Alma.

Ao participarmos do santo sacrifício da Missa, nunca devemos banalizar, por “hábito”, o ritual da mesma, pois que nela estamos face ao próprio Jesus, embora não o vejamos com estes nossos limitados olhos; daí a frase que o sacerdote repete em cada celebração eucarística: “ Eis o Mistério da Fé!”, e a assembleia confirma: “ Anunciamos, Senhor, a vossa Morte; proclamamos a vossa Ressurreição. Vinde, Senhor Jesus!”

São João conta-nos que Jesus lavou os pés aos seus discípulos, antes da Última Ceia.

Que quer isto dizer? Quem é que conhecemos hoje com a posição que Jesus tem, com a Sua condição (divina), que se humilhasse a tal ponto?

Hoje, na nossa sociedade, lavar os pés a outrem, não tem a carga humilhante que tinha na Antiguidade, tempo no qual apenas os escravos tinham essa função.

Mas imaginemos que Jesus entrava hoje na nossa casa (que maravilha!). E que Ele a quisesse limpar! Não deixávamos! Podia lá ser! O “meu” Jesus é Divino, é Santo, não faz essas “coisas” !

Mas, de facto, foi o que aconteceu há dois mil anos: Ele veio para servir os homens.

Mas Ele perguntou: “Compreendeis o que acabo de fazer? Vós me chamais Mestre e Senhor, e dizeis bem, pois eu o sou. Portanto, se eu, o Senhor e Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns dos outros. Dei-vos o exemplo, para que façais a mesma coisa que eu fiz’”.

Compreendemos?

Temos de estar limpos, purificados na alma e no corpo.

Hoje, para nos purificarmos, para podermos aproximarmo-nos de Jesus, temos o sacramento da Penitência.


Meu Deus e Senhor, a prece que hoje Te faço é esta: que eu possa contar-Te tudo aquilo que já sabes, mas que eu sei que desejas que os meus lábios pronunciem…

Etiquetas:

2 Comments:

Blogger ferreira said...

Votos de uma Santa Páscoa,caro amigo.
Um grande abraço

sexta-feira, março 21, 2008  
Blogger Cabral-Mendes said...

Também um grande abraço para si, Amigo Ferreira. Uma boa Páscoa, na companhia daqueles que mais ama.

sexta-feira, março 21, 2008  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home