Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

terça-feira, 22 de janeiro de 2008

llusões de quem ama...




O sol, com as suas cores laranjas, anuncia o dia. São oito da manhã.

No meu gabinete, rezava há pouco as minhas orações. Uma em especial, em honra das DORES DE NOSSA SENHORA.

Gostava de partilhar convosco esta preciosidade…

Costuma a piedade cristã venerar de modo especial as 7 principais dores de Maria Santíssima, que são:

1ª - A profecia de Simeão.
2ª - A perseguição de Herodes e a fuga da Sagrada Família para o Egipto.
3ª - A perda do Menino Jesus no Templo de Jerusalém.
4ª - O encontro desta Mãe admirável com Seu Filho, carregado com a cruz, no caminho para o Calvário.
5ª - A crucifixão de Nosso Senhor.
6ª - Quando recebeu nos seus braços a Jesus Cristo, descido da cruz.
7ª - Quando depositou Jesus no túmulo, ficando Ela em triste solidão.


Santa Brígida diz-nos nas suas Revelações, aprovadas pela Igreja, que Nossa Senhora lhe prometeu conceder sete graças a quem rezar, em cada dia, sete Avé-Marias em honra das suas dores e lágrimas.


Eis as promessas:

“a) Porei a paz em suas famílias.
b) Serão iluminados pelos Divinos Mistérios.
c) Consolá-los-ei em suas penas e os acompanharei nos seus trabalhos.
d) Conceder-lhes-ei tudo o que me peçam, contanto que não se oponha à vontade adorável do Meu Divino Filho e à santificação das suas almas.
e) Defendê-los-ei nos combates espirituais contra o inimigo infernal e os protegerei em todos os instantes da vida.
f) Assistir-lhes-ei visivelmente no momento da morte e verão o rosto da Sua Mãe Santíssima.

g) Obtive de meu Filho que, os que propaguem esta devoção (às minhas lágrimas e dores) sejam trasladados desta vida terrena à felicidade eterna, directamente, pois ser-lhes-ão apagados todos os seus pecados e o meu Filho e eu seremos a sua eterna consolação e alegria.”


Curioso que, quando estava a rezar, tive a sensação da bela imagem de Nossa Senhora que aqui tenho na minha secretária, ter avançado um pouco, virada para mim, como que a acompanhar-me na minha meditação…

Digam-me que são ilusões dos nossos olhos…

Etiquetas:

10 Comments:

Blogger joaquim said...

Aquilo que os olhos do coração que acredita vêem, "transmitem-no" aos olhos do corpo para que se fortaleça a nossa fé...

Mãe das Dores, rogai por nós.

Abraço amigo em Cristo

terça-feira, janeiro 22, 2008  
Blogger Cleopatra said...

Ai Cabral Mendes...faz-me cada pergunta....Com todo o respeito, não seria hipoglicémia????...
Olhe, reze lá por mim que estou precisada!!!!

Valha-me Nossa senhora dos aflitos!

quarta-feira, janeiro 23, 2008  
Blogger Cabral-Mendes said...

OK querida Amiga! Aliás, vê-se que Vexa. é uma santa...

sexta-feira, janeiro 25, 2008  
Blogger Cleopatra said...

Eu não lhe disse que era santa!!!Disse-lhe que estava precisada de que alguem reze por mim!!!!!

BEM DIFERENTE!!

terça-feira, janeiro 29, 2008  
Blogger Cleopatra said...

Cheguei hoje aqui, e quis rezar!
E nada, nada saía do meu coração, dos meus lábios!


«Gostei muito desta tua oração!»

Sim. Afinal foi uma oração.

terça-feira, janeiro 29, 2008  
Blogger Cabral-Mendes said...

Pois é, Cleo: rezar não é apenas e sempre seguir à letra um texto pré-definido; mas sim seguir aquilo que o nosso coração nos dita, a nossa intuição, e deixar que os nossos sentimentos venham naturalmente à superfície e se transformem em diálogo com a Transcendência...

Ponto1: E eu a julgar que Vexa era uma bela santa...
Ponto 2: Adoro os seus pontinhos de exclamação! (não tem o seu martelinho não?...).

quarta-feira, janeiro 30, 2008  
Blogger Cleopatra said...

CM- eu rezo. Mas acho que Não me ligam nenhuma! ;)

Para que quer o martelinho?

sábado, fevereiro 02, 2008  
Blogger Cabral-Mendes said...

Ora, era para substituir os pontinhos de exclamação...

sábado, fevereiro 02, 2008  
Blogger Cleopatra said...

Não. Os !!!!! - utilizam-se quando eu abro os olhos. MUITO!

As .........qdo eu fico com um sorriso malvado nos cantos da boca.
;)

Psiu.....vou-lhe mandar um mail secreto.
Até já.

domingo, fevereiro 03, 2008  
Blogger Cabral-Mendes said...

fico à espera...

domingo, fevereiro 03, 2008  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home