Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

sexta-feira, 14 de julho de 2006

Angústias...



Tenho experimentado uma grande angústia por via do mundo estar em decadência, com o abandono dos melhores valores; por causa da traição daqueles em quem por vezes depositamos as nossas melhores esperanças; por causa da finitude deste nosso corpo, de não podermos viver para sempre contemplando a beleza deste mundo que Deus fez imaculado e sem pecado para nós, mas que o mal corrompeu... como é bom poder contemplar a beleza do mar, das montanhas, do Céu... ai que dor não podermos usufruir para sempre da companhia da pessoa que mais amamos... mas tenho esperança em Jesus, que não perde nenhuma ovelhinha do seu rebanho... Ele há-de reunir-nos um dia... onde quer que estejamos algures na Sua Luz...
Nota: a foto - algures no Tibete...

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home