Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

sábado, 22 de maio de 2010

Estamos fartos destes Políticos da Banha da Cobra!


“Como podemos ajudar o país se o país não nos ajuda? Estamos fartos de fazer o que nos pedem, sem qualquer exemplo da parte de quem o devia dar. Nunca simpatizei com Salazar, mas talvez não saiba que ele vendia os ovos do galinheiro do quintal para equilibrar as finanças domésticas. Ao que parece, tinha uma boa governanta. Talvez não fosse má ideia o Governo arranjar também uma.”


Margarida Rebelo Pinto, na sua coluna do Sol "Com Muito Prazer".

Etiquetas:

2 Comments:

Blogger Margarida said...

Governanta? Já nem domésticas de confiança se arranjam! Se não estragam, roubam; essa é que é essa!
Aliás, seguem os exemplos que se sabe...
Fazer o quê? Limparmos nós mesmos as nossas coisinhas.
Já não há empregados como antigamente...

sábado, maio 22, 2010  
Blogger C.M. said...

Já não há empregados como antigamente... É mesmo!

sábado, maio 22, 2010  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home