Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

sábado, 31 de janeiro de 2009

Citações...



"Ralhou-me, embalou-me, acarinhou-me. Mas há abismos de onde ninguém consegue tirar-nos. Temos de ser nós mesmos a sair de lá, sozinhos, passo a passo. Eu anda estou nos primeiros passos."

Françoise Giroud, in “Meu Amor Muito Querido…”

Etiquetas:

4 Comments:

Blogger Cleopatra said...

Lindo.......

segunda-feira, fevereiro 09, 2009  
Blogger Ka said...

Lindíssimo e verdadeiro!

(agora apercebo-me que há já algum tempo que não passava por aqui :S)

Espero que este estado de alma tenha sido passageiro :)

terça-feira, fevereiro 10, 2009  
Blogger C.M. said...

É lindo sim, Cleo...

sexta-feira, fevereiro 13, 2009  
Blogger C.M. said...

Ka, a vida é uma luta constante... uma arte muito difícil de interpretar...

sexta-feira, fevereiro 13, 2009  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home