Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

domingo, 12 de agosto de 2007

Clara de Assis. Memória da Igreja.


Em 1212, a jovem Clara de Assis seguiu os passos de São Francisco e viveu, dentro da clausura e na contemplação, o ideal de pobreza evangélica. Surgiu, assim, a Ordem das Clarissas, ou a Segunda Ordem Franciscana.

Em 11 de Agosto de 1253, Santa Clara de Assis deixou-nos e entrou na glória eterna.

Ao tempo, o seu corpo foi levado para a Igreja de São Jorge onde também repousa São Francisco.

No dia 3 de Outubro de 1260, o corpo é exumado e colocado na Basílica de Santa Clara; ali permanece perto do altar com uma simples inscrição: "Aqui jaz o corpo da Virgem Santa Clara".

Clara de Assis foi uma mulher de rara beleza. O Bem, na verdade, é belo. Por que Clara é bela? Porque o Espírito imprime sempre no corpo a sua forma…

2 Comments:

Blogger redonda said...

Não conhecia a história de Santa Clara de Assis ou então se me a contaram, esqueci-a. Quando era criança gostava de ouvir as histórias dos Santos porque apesar da forma terrível como muitas vezes morriam, tinham depois um final feliz.

quarta-feira, agosto 15, 2007  
Blogger Cabral-Mendes said...

Sobre o momento da morte de Santa Clara não há nenhum testemunho das suas irmãs em Cristo. Na noite que precedeu a sua partida, Clara confessou-se, tendo continuamente a paixão e o nome de Jesus Cristo em seus lábios; pediu às Irmãs que permanecessem em oração, e que fosse recitada a oração das cinco chagas do Senhor. As suas últimas palavras fora. "Preciosa é aos olhos do Senhor a morte de seus santos".

Mas, cara Redonda, ainda hei-de colocar aqui um texto mais amplo acerca desta maravilhosa Santa, ok?

quinta-feira, agosto 16, 2007  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home