Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Partir para longe...

Chegou o Verão, a luz forte, o chilrear dos passarinhos, o verde das árvores ressuscitadas, o som lá longe do mar que sempre espera por nós, o cheiro a eternidade, mas também a inquietação. Como diz a Margarida Rebelo Pinto, na sua coluna “Com Muito Prazer” na edição de hoje do “SOL”, é o tempo em que inevitavelmente “as saias sobem e as t-shirts encolhem, os sentidos apuram-se”.

De facto, os sentidos ficam exaltados, pondo a nu a (normalmente) invisível ansiedade, que sobe dentro de nós, nos estrangula a alma e impele o nosso espírito e o nosso corpo não se sabe bem para onde, para qualquer lugar menos este onde nos encontramos: País triste, sem esperança de melhores dias, já sem glória, já sem as paixões de outrora.
Paixões como a de António Ferro pelo Regime que ajudou a construir, e que hoje vem referenciado naquele semanário, precisamente por há 70 anos ter visto consagrado o seu projecto das comemorações dos centenários da fundação da nacionalidade e da restauração, que incluiu a famosa Exposição do Mundo Português, algo de extraordinário, mesmo para os parâmetros dos nossos dias, onde a técnica sobeja mas onde falta o génio e o amor.

Tudo isto a (des) propósito daquela inquietação que nos assola os sentidos, a alma, o corpo: os anos a passarem e nós neste marasmo, à espera de quê? Do fim?!

Ah partir, partir para longe, levando sob a asa o nosso amor! Lá longe onde parece que se pode ser feliz, onde talvez nos possamos esquecer de nós próprios…


Etiquetas:

14 Comments:

Blogger Margarida said...

Peço desculpa, mas o Verão só 'chega' a 21 de Junho.
É o maior dia do ano.
E o mais lindinho... (cof, cof...)

sexta-feira, junho 04, 2010  
Blogger carla santos said...

Eu concordo com a Sra.Margarida.
O verão é a época mais alegre do ano.
É a época onde nós não temos que andar sempre molhados,cheios de roupa, e de sombrinhas,onde nós não estamos sempre constipados e doentes.
É uma época em que as pessoas saem as ruas mais livres e alegres.
Eu acho que todas as pessoas gostam do verão menus os consagrados,Padres,Bispo,Cardias,etc.Eles são feitos de cera derretem-se com o verão,por isso teme tanto o varão ha ha ha acho que são as únicas pessoas que não gostam porque tem que andar todos vestidos,são uma comunidade estranha,ha ha

sexta-feira, junho 04, 2010  
Blogger Margarida said...

Ai! 'Sra.' não, Carlinha!!
:))))

sexta-feira, junho 04, 2010  
Blogger carla santos said...

Descupe como quere que a trate?pesso desculpa

sexta-feira, junho 04, 2010  
Blogger Margarida said...

Só Margarida :), ou sinto-me velhota e isso é um pavor!
:)))

sexta-feira, junho 04, 2010  
Blogger carla santos said...

Ok Margarida,um grande beijo

sexta-feira, junho 04, 2010  
Blogger Margarida said...

Querido C.M., tomámos de assalto a sua sala, mil perdões...
:)

sexta-feira, junho 04, 2010  
Blogger carla santos said...

Yaaaaaaaaaa,mil desculas,um bijinho he he

sexta-feira, junho 04, 2010  
Blogger C.M. said...

Cheguei agora e vi a sala toda desarrumada, com efeito. Amanhã, que é Sábado, se fazem favor, dão um arrumo...

Quanto ao verão... pois, Margarida, este ainda não chegou no calendário, mas já se sente no corpo...

Concordo com a Carla: ainda não vi um padre que gostasse de calores...

sábado, junho 05, 2010  
Blogger carla santos said...

Ha haaaaaaa amanha que é sábado eu não estarei cá vou a um casamento, então terá que ser o C.M arrumar a sala he he,arrumai-a bem C.M ha ha um beijo

sábado, junho 05, 2010  
Blogger C.M. said...

Boa boda, Carla!

sábado, junho 05, 2010  
Blogger C.M. said...

Margarida, agora vendo bem... dia 21 de Junho... o mais lindinho... cof..cof... estou a "ber"!

sábado, junho 05, 2010  
Blogger carla santos said...

obrigado C.M
Só agora é que reparei no cof,cof...Ai ummmmmmmm

sábado, junho 05, 2010  
Blogger carla santos said...

Uma boa noite para todos vós,até amanha,beijos

sábado, junho 05, 2010  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home