Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

sábado, 9 de janeiro de 2010

É a pós-modernidade, estúpido!

Do meu Amigo João Baptista Vasconcelos Magalhães, Professor e Filósofo, este texto esclarecedor da actual situação político-social.

Com a devida vénia.


"É um sinal dos tempos, caro Amigo C (...). Estamos na pos-modernidade e, como sabe, esta representa a tábua rasa sobre tudo: é a era do nivelamento de tudo, da cultura do psi, da espontaneidade, da indiferença pura em relação aos valores que deram sentido à nossa vida colectiva, ao nosso passado, à cultura, a história. O PS tornou-se num partido Kit, modelado em função da espontaneidade, da ausência do rigor, do cata-vento da moda. Vai ficar para a história como o partido do vazio.


Nada tenho contra os homossexuais e muitos deles concordam comigo. Conheço quem já passou a heterossexual e sei que há o contrário. Respeito-os, a todos. Mas tenho pena que não seja respeitado um conceito, como o casamento, que tem uma história e dá um sentido a um tipo específico de vida. Eu sei que esta medida não vai ter muito significado no futuro. Muitos homossexuais até são contra o casamento, por que acham que é uma instituição que nada tem a ver com eles: gostam de mudar de parceiro, aturam-se mal no dia-a-dia.


Esta época vai demorar mais tempo a passar. Lembra-se dos períodos que causaram a queda dos impérios? É semelhante ao que estamos a viver."



Eu assino por baixo....

Etiquetas:

2 Comments:

Blogger LUA DE LOBOS said...

Também tenho amigos homosexuais que se sentem ridicularizados com esta palhaçada.
Ter direitos é uma coisa válida mas casamento? sem palavras.
xi
maria

quarta-feira, janeiro 13, 2010  
Blogger C.M. said...

Xi, Maria!

quinta-feira, janeiro 14, 2010  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home