Dies Domini

Sartre escolheu o absurdo, o nada e eu escolhi o Mistério - Jean Guitton

A minha fotografia
Nome:
Localização: Lisboa, Reino Portugal Padroeira: Nª Srª Conceição, Portugal

Monárquico e Católico. intransigente defensor do papel interventor do Estado na sociedade. Adversário dos anticlericais saudosos da I República, e de "alternativos" defensores de teses “fracturantes”. Considera que é tempo, nesta terra de Santa Maria, de quebrar as amarras do ateísmo do positivismo e do cientismo substitutivo da Religião. Monárquico, pois não aliena a ninguém as suas convicções. Aliás, Portugal construiu a sua extraordinária História à sombra da Monarquia. Admira, sem complexos, a obra de fomento do Estado Novo. Lamenta a perda do Império, tal como ocorreu.

domingo, 23 de novembro de 2008

Qual o livro bíblico que?...


À questão, colocada pela "Voz da verdade" (revista do Patriarcado de Lisboa), a vários interlocutores, qual o livro bíblico que escolheriam e porquê, o meu poeta indefectível José Agostinho Baptista, respondeu que seria o "Cântico dos Cânticos", porque "é talvez o mai belo poema do mundo. Porque está em mim e eu estou nele. Porque caminhamos quase lado a lado, pelas sendas de Deus e do coração. Porque é o espelho do homem."
///
Tem toda a razão Agostinho Baptista. Com efeito, o "Cântico dos Cânticos tem a sua base no amor puro e pleno do casal humano: no seu centro estão o homem e a mulher, que amam em toda a plenitude, conhecendo assim Deus e fazendo-O reflectir através desse mesmo amor.
Numa interpretação sublime, aquele amor traduz a união esponsal de Cristo com a Sua Igreja e com as almas que Lhe são fiéis.

Etiquetas:

6 Comments:

Blogger JúliaML said...

é realmente muito belo, CM!

boa semana!

segunda-feira, novembro 24, 2008  
Blogger C.M. said...

Boa semana, Júlia!

segunda-feira, novembro 24, 2008  
Blogger JúliaML said...

"Tu és bela, minha querida, tu és formosa! Por detrás do teu véu os
teus olhos são como pombas, teus cabelos são como um rebanho de
cabras descendo impetuosas pela montanha de Galaad,

2 teus dentes são como um rebanho de ovelhas tosquiadas que sobem
do banho; cada uma leva dois (cordeirinhos) gêmeos, e nenhuma há
estéril entre elas.

3 Teus lábios são como um fio de púrpura, e graciosa é tua boca. Tua
face é como um pedaço de romã debaixo do teu véu"

terça-feira, novembro 25, 2008  
Blogger C.M. said...

Uf!... romântico...

terça-feira, novembro 25, 2008  
Blogger joaquim said...

Sim é verdade, é belíssimo.

Mas para mim o que mais me toca é o Evangelho de São João.

Abraço amigo em Cristo

quinta-feira, novembro 27, 2008  
Blogger C.M. said...

São João sim, mas também o de São Lucas... enfim, os Evangelhos são uma paixão...Abraço!

quinta-feira, novembro 27, 2008  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home